A inclusão de alunos com deficiência visual no ensino superior e a percepção de suas identidades sociais: uma análise comparativa entre Brasil e Espanha

0
584

Aliam Maria Ferreira

Saulo César Da Silva

Consultor REDEM – Brasil

 

Student_and_teacher_exploring_tactile_globe-French_Woodcut-1897

RESUMO

As políticas públicas para a educação inclusiva, particularmente no Brasil, têm feito progressos significativos no início do século XXI. Nessa perspectiva, questiona-se como o aluno com deficiência visual, ao ingressar no ensino superior, percebe suas identidades sociais, a partir de uma visão que tem de si mesmo e de como a sociedade o concebe em contextos de interação.
Essa percepção está associada a construção de uma imagem positiva ou negativa de si mesmo e do outro por meio dos posicionamentos assumidos em seu discurso.
Nesse sentido foi realizada uma análise comparativa entre as percepções de alunos universitários de Brasil e Espanha, pois atualmente é relevante o número de estudantes brasileiros que vão estudar nesse país e estudantes espanhóis que chegam ao Brasil. Objetiva-se, dessa forma, investigar se as diferenças sociais, econômicas e históricas de ambos países influenciariam na percepção das identidades sociais desses alunos.

Ver documento completo

DEJA UNA RESPUESTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*